quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Morre aos 60 anos atriz Carrie Fisher, a Princesa Leia de Star Wars


O Mundo Nerd / Geek está de Luto.

Sim e não apenas este grupo, mas todo e qualquer fã da Sétima Arte acompanha esse momento de baixo astral, afinal, a maior Princesa de todos os tempos faleceu no dia 27 de Dezembro de 2016.

A atriz Carrie Fisher, que imortalizou a tão inspiradora e poderosa Princesa Leia da franquia Star Wars faleceu de ataque cardíaco, no dia 27. Na verdade, pelo que acompanhei, ela teve um ataque durante um voo no dia  23 e de lá já foi internada na UTI do UCLA Medical Center (LA), o mesmo centro médico que atendeu Harrison Ford em 2015, porém, Ela não resistiu.

"É com profunda tristeza que Billie Lourd confirma que sua amada mãe Carrie Fisher morreu às 8h55 desta manhã. Ela era amada pelo mundo e fará profunda falta. Toda nossa família agradece pelos pensamentos e preces."
O anúncio foi feito pelo porta-voz da família, Simon Halls.

Carrie viveu Altos e Baixos e sua carreira foi marcada pela Princesa Leia, o que não é muito bem visto no mundo dos Atores (ser lembrado por um único trabalho, ainda mais um personagem direcionado a um público tão específico). Ela escreveu um livro onde, além de informações sobre os bastidores das gravações de nossa tão amada franquia, também apresenta confissões que até pouco tempo ninguém sabia, tido o caso que ela teve com Harrison Ford.

O que nem todo  mundo sabe, ela foi Cantora e Escritora também.

A REPERCUSSÃO DA MORTE DE CARRIE FISHER

Vários atores ligados a franquia Star Wars postaram em suas redes sociais. Mark Hammil (interpreta o Luke Skywalker) lamentou em seu Twitter, também Harrison Ford (Han Solo), George Lucas (Diretor), Peter Mayhew (o cara que faz o Chewbacca), Anthony Daniels ( o cara que faz o C-3PO).
Também temos atores de outras franquias, como Willian Shartner (o Capitão Kirk de Star Trek), entre tantos outros.

E COMO TRAGÉDIA NUNCA VEM SOZINHA...

Carrie Fisher é filha do cantor Edwin Jack "Eddie" Fisher (famoso por trair a mãe de Carrie por  Elizabeth Taylor) e da atriz Debbie Reynolds que também morreu praticamente no dia seguinte ao da morte de Carrie.

O LIVRO "MEMÓRIAS DE UMA PRINCESA"

Pelo que apurei nas internet da vida, Carrie Fisher não esperava "viver de Cinema", pois considerava uma profissão que traria mais dores de cabeça do que grana... o que não é de todo errado.

Aliás, Star Wars era uma produção desacreditada na época, George Lucas apostou muito alto e o sucesso foi inesperado para algo daquele tamanho.

Carrie, além de atriz e cantora, também era escritora e publicou um livro chamado Memórias de uma Princesa, onde discute várias situações vividas por Ela durante o período audição das atrizes para o papel de Princesa Leia (Carrie disputou pelo papel contra Jodie Foster e venceu, vejam vocês), as gravações do filme e o seu lançamento, além do assédio dos fãs e a situação que se encontrava, sendo, não apenas um Sexy Symbol, mas quase A ÚNICA MULHER no set de gravações.

E como Homem não se segura.... já pode imaginar o que ela tinha que aturar.

Agora pense um pouco: Atualmente o Nerd / Geek é um cara descolado, visualmente interessante e normalmente sempre tem um em rodas de amigos, enfim, a situação deles é boa (eu sempre digo que não há época melhor pra ser Nerd / Geek do que essa), mas na década de 70 a coisa era complicada.

Milhões e milhões de fãs estereotipados se declarando pra tia (fico imaginando a abordagem)...

Enfim, o livro também tem fotos dos bastidores dos filmes e muita informação interessante pra quem curte a franquia, é como se fosse um Diário. Quem tiver interesse de comprá-lo, basta ir na Saraiva.

E NÃO, não estou fazendo Propaganda nem recebendo por isso, aliás, se quiserem me enviar gratuitamente um exemplar do livro Memórias de uma Princesa (ou de qualquer outro livro), podem me contactar.

E COMO FICARÁ A FRANQUIA STAR WARS DEPOIS DA PARTIDA DE CARRIE FISHER?!

Brincadeiras de lado, é uma tristeza sem tamanho. A franquia Star Wars não sofrerá tanto, pois teremos mais Princesa Leia em Rouge One e também ela já havia terminado as gravações do Episódio VIII, o que não minimiza o sofrimento.
Imagem retirada do siete http://www.tudocelular.com/tech/noticias/n85106/computacao-grafica-rogue-one.html

Falando em Rouge One, a presença de Carrie pode acontecer usando a tecnologia já usada nesse filme para trazer o ator Peter Cushing (que imortalizou o personagem Grand Moff Tarkin encarregado da Estrela da Morte) e a própria Princesa Leia também aparece mais jovem (naquele ponto da História, era necessário). O site Tudo Celular fez uma postagem expicando o assunto.

Dessa forma, fica fácil imaginar que, caso seja necessário trazer a Princesa Leia de volta, isso será possível. Mas a saudade ainda é Forte. Vá em paz, Princesa Leia e que a Força esteja com você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário