segunda-feira, 10 de agosto de 2015

'League of Legends': Brasil consegue fazer torneio internacional, diz Riot

FONTE ORIGINAL: PORTAL G1.COM
Terminado o campeonato brasileiro de "League of Legends" de 2015, com a Pain Gaming se sagrando campeã no sábado (8), qual é o passo seguinte para o Brasil em termos do game online mais popular do mundo? De acordo com PH Suman, gerente de eSports da Riot Games e organizador do CBLoL, os próximos eventos não devem ser muito maiores do que o realizado no estádio do Palmeiras (precisa?). Por outro lado, ele diz acreditar que o país "está preparado para receber uma competição internacional" de 'League of Legends'". Assista ao vídeo acima.
"O Allianz Parque, ou até o Maracanãzinho, foi uma prova de que conseguimos entregar uma experiência grande e com muita qualidade", diz Suman ao G1. "Mas ainda precisávamos de mais experiência, testar mais algumas coisas. Agora já conseguimos pensar em receber competições internacionais sim. Não sei dizer se vamos, mas gostaríamos com certeza".

No sábado (8), 12 mil pessoas encheram o Allianz Parque, na Zona Oeste de São Paulo, para assistir à final entre Pain e INTZ. O evento aconteceu sem problemas, e a aura do futebol só ajudou a torcida a vibrar e gritar ainda mais. No total, 283 mil pessoas assistiram à decisão, somando também transmissões pela internet e salas de cinema. Com números tão expressivos, para onde o cenário brasileiro de "League of Legends" irá crescer ainda mais?
Cerca de 12 mil pessoas assistem a final brasileira do jogo League of Legends no estádio Allianz Parque, em São Paulo, neste sábado (8) (Foto: Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Cerca de 12 mil pessoas assistem a final brasileira do jogo League of Legends no estádio Allianz Parque, em São Paulo, neste sábado (8) (Foto: Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo)
"[A final] serviu como uma experiência para entendermos até onde conseguimos ir mantendo qualidade", afirma Suman. "É isso que importa no fim. Não é ter 1 milhão de pessoas aqui dentro se elas estão tendo uma experiência meia boca. Talvez estejamos bem próximo de um limite. Não posso dizer com certeza, mas não diria que pretendemos crescer muito além disso agora. Se começa a ficar muito grande, nem todo mundo tem a mesma atenção, e gostamos de dar muita atenção aos jogadores".

Suman também comentou uma das grandes curiosidades da final. A taça do CBLoL 2015 foi a primeira levantada oficialmente dentro do novo estádio do Palmeiras, inaugurado em 2014.

"Não foi de futebol, é até engraçado", lembra. "[O evento] com certeza superou as expectativas que tínhamos. As partidas ajudaram muito. Sempre torcemos para ter cinco jogos para tentar um espetáculo maior, mas honestamente não podíamos esperar por algo melhor".

Nenhum comentário:

Postar um comentário