terça-feira, 26 de julho de 2016

Diretor de Lost Canvas comenta sobre o Anime na Japan Expo

A Japan Expo 2016 ocorreu em Paris (França) em Julho/16, contando com vários ícones do Mundo Otaku. Videos e fotos circulam adoidado pela Net sobre o referido.
Pra mim ,boneco é pra brincar... mas não deixa de ser uma exposição foda.

Além da participação de Shiori Teshirogi ( mangá do Lost Canvas) e um espaço reservado para comemorar 30 anos de Saint Seiya (franquia que permite Massami Kurumada a viver de juros), também tem aí 10 anos de Lost Canvas e os fãs não perderam a oportunidade e questionaram os envolvidos com a produção do referido anime que marcaram presença.
Yûko Iwasa e Osamu Nabeshimaem entrevista durante a Japan Expo
Osamu Nabeshima (Diretor) e Yûko Iwasa (Character Designer) foram questionados pelo Público sobre a demora no lançamento da terceira temporada de Lost Canvas e, segundo Yûko, "Eu desejo com todo meu coração e não apenas para mim, mas porque esta série é muito rica".

 Porém, existem complicadores...

A Bandai (produtora dos brinquedos da série e cuida da adaptação dos personagens do Anime em brinquedos para venda) também tem papel ativo nas decisões da Produção e, segundo o discurso dos envolvidos, seria esse um dos maiores problemas na produção de Lost Canvas, apesar do anseio de continuar o trabalho.

Entendam que não se trata de engavetar o anime, mas há interesses financeiros e a Bandai investe pesado na franquia Saint Seiya desde o início. Segundo o site CavZodiaco.com.br, apenas dois bonecos Cloth Myth baseados em personagens do Lost Canvas foram lançados: Tenma de Pégaso V1 (em Agosto de 2009) e Kagaho de Benu (em Novembro de 2009). Ambos não venderam bem no Japão em um primeiro momento (hoje, se tornaram itens até que raros).

Nenhum comentário:

Postar um comentário