segunda-feira, 24 de julho de 2017

Morre Masaaki Hirao, compositor de Galaxy Express 999


Um dia desses eu postei sobre a morte de Seiji Yokoyama (compositor das músicas de Saint Seiya), agora estamos postando sobre a morte de outro compositor de grandes músicas em grandes animes: Masaaki Hirao, morreu no dia 21 de Julho de 2017, de pneumonia.

Masaaki Hirao estreou como cantor em 1958 e, como muitos cantores no Japão, se tornou membro de um grupo musical (chamado Rockabilly Sannin Otoko ou Three Rockabilly Men em inglês). Ele passou a ser compositor em 1966, ganhou prêmios no Japan Record Awards (1967) e seu trabalho na composição de músicas-temas para animes foi de vento em pompa.

Hirao é mais conhecido por seu trabalho nas lindas músicas da série Galaxy Express 999 (não, não é exagero, são lindas mesmo) e do filme Galaxy Express 999: Glass no Clair, além de Captain Harlock: Mystery of the Arcadia e este eu não conheço muito, mas parece ser bom também.

Na verdade, eu conheci Galaxy Express 999 pela arte do anime que é um estilo que curto bastante e depois foi que conheci mais o trabalho de Hirao, além do mais, ele foi colaborador no trabalho musical de um dos meus animes favoritos: Versailles no Bara (Lady Oscar aqui no Brasil).

TRABALHO RECONHECIDO PELO GOVERNO JAPONÊS

O chato de postar notícias de "não celebridades brasileiras" é que, normalmente, o que vem pra cá é uma cópia das notícias de lá. Sobre Masaaki Hirao, as noticias contam que há uma ONG criada por ele chamada Love & Harmony em 2002, que doa instrumentos musicais e realiza performances para idosos ou pessoas portadoras de necessidades especiais e que teve reconhecimento do governo japonês em 2003, onde recebeu a Medalha com a Fita Roxa (sobre conquista acadêmica e artística), mas não achei nada confirmando isso.

 
De qualquer forma, seu trabalho é de peso e reconhecido internacionalmente e seu comprometimento com a Arte da Música é incrível. Certamente sua falta será sentida, nossos mais sinceros sentimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário