segunda-feira, 29 de maio de 2017

Final da Mid-Season Invitational 2017 e o primeiro milhão de "Faker"


A gente já tinha falado sobre do League of Legends Brasil fazer um evento internacional em 2015, e com o final da Mid-Season Invitational (um Campeonato Mundial de League of Legends) no domingo dia 21/05 (o Brasil foi eliminado do campeonato), a equipe de coreanos da T1 conquistou seu bicampeonato.

O QUE É O MID-SEASON INVITATIONAL?!

Eu não sou o maior especialista no assunto, mas trata-se de um campeonato anual de League of Legends promovido pela Riot Games desde 2015 e já é o mais importante evento do jogo online, perdendo só pro torneio mundial.

É a primeira vez que o MSI ocorre aqui no Brasil. As batalhas ocorreram em São Paulo e no Rio também.
 

FAVORITISMO DOS COREANOS


No dia 21/05, as equipes SK Telecom T1 e G2 e-Sports disputaram pelo título, porém, a favorita coreana levou a melhor. Com um placar de 3 a 1 (eram 05 partidas, no total), a equipe T1 conquistou novamente o campeonato.

Pra quem não conhece muito do assunto (sim, eu tive que ler sobre isso e aprendi umas coisinhas), o time de coreanos vencedores tem o Melhor jogador de League of Legends conhecido atualmente.

QUEM É FAKER?!

O Sul coreano Lee “Faker” Sang Hyeok, de 20 anos, é o nome do momento. Considerado um dos jogadores profissionais de League of Legends mais famoso de todos os tempos, depois dessa pela final do MSI, Faker atingiu mais uma grande marca: Segundo o site esportsearnings, Ele é o primeiro jogador de League of Legends a ganhar seus US$ 1 milhão (valor atingido em premiações).

Pra você ter uma noção do tamanho da brincadeira (ui!), Faker é bicampeão mundial, 4 vezes campeão da liga coreana, finalista de 3 Mid-Season Invitational – e campeão de dois deles.

Recentemente, o programa Zero1 (apresentado por Tiago Leifert) botou o ex-BBB Pedro Falcão pra conversar com o bicampeão, onde ele questiona se é, de fato, o Melhor em LoL (reconhece que é bom em certos aspectos, mas que precisa melhorar em outros), entre outros pontos.

Ficar sem sono, as vezes, tem suas recompensas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário